A tradição

A constância e a tradição da exploração, junto da convicção segundo a qual o vinho tem que ser a expressão mais autêntica do território, deram origem a uma vasta gama de vinhos: das castas autóctones da região Marche “Passerina” e “Pecorino” – redescobertas graças à paixão de poucos viticultores – até às mais conhecidas “Sangiovese”, “Merlot”, “Cabernet”, “Barbera”, “Pinot” e “Chardonnay”.

Os vinhos da casa Ciù Ciù constituem a expressão autêntica da constância e da tradição vinícola da exploração, graças à investigação e à qualidade dos vinhedos e das caves e também ao ecossistema vitícola natural de qualidade com um “terroir” (microclima, solo e subsolo) único e insubstituível.

contadini